Quem somos


SAS Entry Signage
A JMP é uma unidade de negócios da SAS

A conexão entre a JMP e SAS

A JMP tem feito parte da SAS desde o lançamento da primeira versão do software de análises estatísticas JMP, em 1989, levando a visualização e a análise de dados interativos para a área de trabalho.  A SAS é líder em softwares e serviços analíticos para empresas e a maior fornecedora independente do mercado de inteligência comercial.  Por meio de soluções inovadoras, a SAS ajuda clientes em mais de 60.000 unidades a aprimorar o desempenho e aumentar a qualidade de seus negócios tomando decisões melhores e mais rápidas.  Desde 1976, a SAS tem oferecido aos clientes de todo o mundo THE POWER TO KNOW® (O Poder do Conhecimento).


John Sall
John Sall
Cofundador e vice-presidente executivo da SAS
Criador e arquiteto-chefe da JMP

Sobre a JMP

A JMP é uma unidade de negócios da SAS, que produz softwares interativos de análises estatísticas para desktop.  Pronuncia-se “djamp” (de “jump”, em inglês), e o nome sugere um salto de interatividade, um movimento em uma nova direção.  John Sall, cofundador e vice-presidente executivo da SAS, criou este software dinâmico e continua sendo o arquiteto-chefe e líder da divisão JMP.  Lançado em 1989, vislumbrando alcançar cientistas e engenheiros, o JMP cresceu e se tornou uma família de produtos de análises estatísticas usados em todo o mundo, em quase todos os setores.  Desde o começo, o software JMP capacitou seus usuários, possibilitando análises interativas na área de trabalho.

Os produtos JMP continuam complementando – e, muitas vezes, são implantados com – as soluções da SAS, que fornecem inteligência comercial baseada em servidor.  O compromisso da SAS com a precisão, valor e qualidade (Em inglês) é evidente em todas as versões do software JMP.  Treinamento (Em inglês), suporte técnico, licenciamento e distribuição são fornecidos aos usuários JMP em todo o mundo, através da SAS.  Há equipes especializadas em produtos JMP nos Estados Unidos, Europa, China e Japão.


JMP 1 shipment group photo
Primeira versão do JMP fornecida em 5 de outubro de 1989.

O início

O JMP foi desenvolvido para captar o novo valor na interface gráfica do usuário (graphical user interface - GUI) em computadores pessoais nos anos 80.  Esta inovação chegou primeiro no Apple Macintosh em 1984 e, alguns anos depois, no Windows.  A interface gráfica mudou completamente.  Ao invés de utilizar teclados, as pessoas conseguiam realizar boa parte de seu trabalho com um dispositivo apontador, o mouse.  A informática tornou-se não apenas fácil, mas realmente divertida.  Os resultados da planilha não precisavam ser exibidos apenas como números – eles podiam ser gráficos.  Passou a ser possível identificar padrões e valores atípicos nos dados.  O JMP permitia que os usuários fizessem isso, e uma das diretrizes da interface original era fornecer um gráfico para cada estatística.


JMP Control Chart
Gráfico de controle JMP

Melhoria contínua

Nas décadas de 80 e 90, engenheiros e analistas passaram a adotar métodos de decisão baseados em dados e programas de melhoria com o foco em projetos.  Eles buscavam aprimorar a qualidade dos produtos e a eficiência dos processos, à medida que os mercados se tornavam competitivos globalmente.  O JMP tornou-se uma das ferramentas principais em uma ampla gama de soluções.

O JMP englobou todos os temas para as estatísticas industriais: controle estatístico de qualidade, confiabilidade e planejamento de experimentos (ou DOE - "Design of Experiments").  O DOE no JMP começou como um simples produto complementar para criar projetos clássicos, mas cresceu em um ambiente integrado valioso de planejamento de experimentos fazendo um uso mais eficiente dos recursos disponíveis.  O Design de Experimentos no JMP continua sendo um dos recursos mais poderosos do software.  DOE, melhoria de qualidade e análise de confiabilidade são apenas algumas das áreas de aplicação, nas quais o JMP é usado atualmente.


World map on JMP Graph Builder for iPad
Desenvolvedor de Gráficos JMP para iPad

Acelerando a descoberta de estatísticas

Com o passar dos anos, os recursos foram projetados para aumentar a velocidade da capacidade dos usuários JMP de compreensão dos dados, de visualizá-los e realizar as análises apropriadas e as descobertas estatísticas.  Importar e processar dados é fácil.  A interface de arrastar e soltar, os gráficos vinculados dinamicamente, as bibliotecas de recursos analíticos avançados, a linguagem de script e as formas de compartilhar descobertas com outras pessoas permitem que os usuários façam mais descobertas mais em seus dados.  Complementando o desenvolvimento desses recursos, houve avanços no processamento eficiente de dados: suporte a multithreading / multi-CPU, uso da biblioteca gráfica Open GL e suporte a 64 bits.  E, como o JMP sempre teve a arquitetura na memória, os usuários podem interagir de imediato com os dados, sem precisar enviar códigos e aguardar o resultado ou os gráficos.  Com todas as novas versões, os desenvolvedores do JMP se concentraram em refinar maneiras que deixam o software mais rápido, mais eficiente e capaz de lidar com conjuntos de dados maiores, com facilidade e velocidade, sempre aumentando os limites possíveis em desktops pessoais, laptops e, agora, no iPad® da Apple® (Em inglês).


Life Distribution graph
Plataforma de Distribuição JMP

O futuro

O JMP permanece empenhado a fornecer um gráfico para cada estatística e vice-versa.  Os desenvolvedores do JMP, incluindo John Sall, continuam adicionando métodos estatísticos modernos e de última geração a todas as versões subsequentes do JMP.  Técnicas de análises especializadas a partir de uma variedade de setores também são adicionadas aos recursos do software, em todas as versões.  E todas as atualizações do JMP visam aprimorar as formas de visualização de dados e a construção de gráficos informativos com mais rapidez.

Back to Top